16 março 2013

Resenha Literária: Vendem-se Unicórnios

| |
 Heey doces, hoje com uma resenha literário de um livro que tive que ler para a escola. O livro é interessante e eu decidi que , já que teria que fazer um trabalho também com o resumo do livro em minhas palavras, achei que a resenha iria me ajudar muito na hora da produção textual!

Sinopse:
 ''Jaqueline tem 15 anos e sempre morou em holambra, interior de são paulo. eis que seu pai é convidado para trabalhar na capital do estado e leva a família toda. sua irmã gêmea, josefa, está tirando a mudança de letra: já fez vários amigos na escola, faz parte do time de vôlei, defende o meio ambiente... jaqueline, por sua vez, se sente invisível e infeliz, até mudar radicalmente, com roupas da moda e lentes de contato, seu nome agora é jackie. resta saber se esse mundo de consumo está deixando jaqueline realmente feliz.''

 O livro conta a estória de Jaqueline, que se mudou para São Paulo, e depois de um tempo vivendo em transparência no colégio decide mudar o corte de cabelo, jogar o óculos de lado e usar lentes e o estilo, assim se diferenciando de sua irmã gêmea Josefa. Depois de conhecer um belo menino na ida pra casa (que claro entram em romance) ela começa a se apelidar como Jackie , e assim fica o nome.

 ''Foram as melhores férias da minha vida. Estamos juntos á duas semanas.Parece um ano.Se a fada azul batesse agora na porta da minha casa oferecendo uma turma de amigos legais dentro de uma caixa com laçarote de presente, nem sei se aceitaria. Gosto de ficar com o André e mais ninguém por perto.''

 Voltando para a escola depois das férias de Julho, todos começam a perceber que a antiga ''Garota Invisível'' decidiu mudar.


 Depois de poucas horas , ainda aderindo á reação das pessoas, Priscila França começa a conversar com Jackie , e assim o livro está andando para o começo de um climax.

 A autora não me parece conhecida , porém ela normalmente cria estórias infantis e algumas infanto-juvenil. O nome dela é Ana Cristina Araújo Ayer de Oliveira. No final do livro ela da uma pequena entrevista breve , então quem estiver com o livro nas mãos leia que vale a pena pois ela não conta só de como produziu o livro mais acaba contando da vida adolescente que hoje também pode ser muito relacionada com o consumismo e os adolescentes que são desligados da verdadeira vida!

 O principal assunto do livro é o consumismo , tem um romance bem leve, fala de amizade e de pensamentos adolescentes claro. E para muitas pessoas que tem essa dúvida o nome do livro ''Vendem-se Unicórnios'' tem sim uma relação com o livro na parte econômica.
 Dei três estrelas pois a minha relação com o livro foi bem mediana, não foi o livro que eu amei de paixão como oque eu estou lendo agora (o ''Fala sério, Mãe''), mais eu achei a estória interessante até e o livro é bom. E a estrutura é até legal, o livro tem páginas (dizendo assim) destacadas ao todo , e algumas palavras são escritas com enfase e claro tem alguns 'desenhos.

 Bom sem mais haha, se curtiram leiam pois é um livro interessante !!

6 comentários:

  1. Parece ser muito legal, conheci o seu blog através do da Jessica do KC diy, e quero te convidar para conhecer o meu e se vc gostar podemos seguir uma a outra é só vc me avisar, beijinhos !!

    www.descontraidas.com

    ResponderExcluir
  2. Karen,
    o livro parece ser bem legal, e é a historia de muitas meninas se você for ver, muitas garotas mudam o estilo, a maneira natural de ser, para serem aceitas, se sentirem popular, enfim... Acho até que tem um teor crítico sobre isso o livro, boa escolha.
    bjs!

    relicariodasrafleur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito isso mesmo, a autora quis passar além de um romance e outras bobeiras, como os adolescentes de hoje são, que não se importam na vida e sim no cartão de crédito,( e é disso que a autora comenta no final do livro!) Beijos e agradeço pelo comentário!

      Excluir
  3. esse é um livro otimo! acho que merece mais de 3 estrelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma opinião pessoal sobre o livro, então eu não acredito que ele merecesse tanto, mas isso é uma crítica.

      Excluir