05 setembro 2013

Pop Art

| |
Vou dizer a verdade, estou estudando Pop Art na escola e me senti totalmente influenciada e vim fazer a postagem. Tudo se resume porque descobri oque realmente é uma pop art. Imaginei diversas coisas ao ouvir a professora sitar o início da frase, e descobri que nunca é só.
De acordo com o Wikipédia: Pop art (ou Arte pop) é um movimento artístico surgido na década de 50 na Inglaterra mas que alcançou sua maturidade na década de 60 em Nova York. O nome desta escola estético-artística coube ao crítico britânico Lawrence Alloway (1926 - 1990) sendo uma das primeiras, e mais famosas imagens relacionadas ao estilo - que de alguma maneira se tornou paradigma deste - ,a colagem de Richard Hamilton (1922 - 2011): O que Exatamente Torna os Lares de Hoje Tão Diferentes, Tão Atraentes?, de 1956. A Pop art propunha que se admitisse a crise da arte que assolava o século XX desta maneira pretendia demonstrar com suas obras a massificação da cultura popular capitalista. Procurava a estética das massas, tentando achar a definição do que seria a cultura pop, aproximando-se do que costuma chamar de kitsch.
Diz-se que a Pop art é o marco de passagem da modernidade para a pós-modernidade na cultura ocidental.
Max Horkheimer (à esquerda) e Theodor W. Adorno (1955)
Theodor W. Adorno e Max Horkheimer, nos anos 40, cunharam o termo Indústria cultural. O conceito analisa a produção e a função da cultura no capitalismo e relaciona cultura como mercadoria para satisfazer a utilidade do público.
De acordo com oque aprendi com minha linda professora de artes, a Pop Art chegou para enfatizar o consumismo, para retrata-la em obra. Achei isso muito interessante, exatamente porque muitas vezes pensamos que aquilo está ali por estar, e nem que seja, ela pode estar transmitindo algo. Claro que, pelo que acredito, nem tudo na Pop Art pode demonstrar o consumismo, pelo menos evidentemente, mas isso foi oque queriam passar.

Não me perguntem porque me interessei tanto por isso, mas eu sempre amo ver coisas quando relacionadas a consumismo ou qualquer outra coisa de um modo geral. Por isso digo que a arte realmente me encanta, e como minha professora de português diz, sempre tem os dois lados da moeda, tanto se for bons ou maus.

"Um dos maiores símbolos da Pop Art são as obras de Andy Warhol, como a lata de sopa Campbell, criada em 1964. Richard Hamilton e Cleis Oldenburg também foram outros dois artistas que tiveram forte presença na época." - Universia

Tive que reproduzir o desenho desta mulher. Foi bem legal desenha-lo, e fazendo comecei a olhar o seu traço. É muito legal, me lembra mesmo um traço de HQ, e também as revistas em quadrinho de heróis, que apesar de tudo eu nunca vi vendendo por aí. O destaque das cores, firmes e intensas, chama muita atenção, não sei explicar, mas acho que é isso.

Domingo estava numa loja e encontrei uma roupa de estampa pop art, achei tanta ironia, é legal, mas irônico. Irônico da mesma forma que você faz um quadro Pop Art e o vende ao olho da cara, mas enfim. Gostei muito de aprender sobre oque o pop art quer transmitir para nós, e já que sei que eu poderia esquecer disso um dia, aqui está uma postagem para eu nunca esquecer.

Agora, depois de tanto falar coisas desnecessárias, espero que isso tenha inspirado vocês. Aprender coisas novas, mesmo que não entenda, me inspira, e o fato de poder aprender mais sempre é legal. Bom, é isso, fiquem com papai do céu.

Aviso: Dia 15 está chegando, ainda da tempo pra tentar ser colaborador. Na realidade o aviso não é exatamente esse, queria saber oque acham que deve melhorar no blog, seja em organização, postagem ou layout!

2 comentários:

  1. Gostei de seu blog, sua observação sobre o Movimento Pop Art foi muito boa!!! Parabéns!!!

    ResponderExcluir