09 fevereiro 2014

Resenha: Máscara - Luiz Henrique Mazzaron

| |
Olá gente, tudo bom? Hoje teremos resenha de Máscara, do nosso autor parceiro, Luiz Henrique Mazzaron. Eu gostei bastante do livro, se vocês querem saber minha opinião detalhadamente, continuem lendo a resenha.


Sinopse: No mundo de Domus, a morte é a moeda que alimenta o jogo. E a verdade pode custar a vida. Liam é um garoto que viveu por muito tempo isolado devido aos constantes castigos do sádico tio, um carrasco ex-militar. Porém, inesperadamente, surge uma entidade maléfica, uma figura das trevas trajando uma máscara, e passa a o perseguir, levando-o a participar de um jogo num mundo surreal, chamado Domus. Junto a um grupo, Liam parte para uma experiência alucinante, em que os pecados da humanidade serão colocados em xeque, como numa espécie de julgamento. Um combate onde o principal objetivo do adversário é mostrar o quão odiosa é a raça humana… Mas ainda há muitos mistérios que rodeiam este intrincado jogo. Por qual motivo a criatura possui tamanha obsessão por ele? E vale a pena prosseguir, já que a morte é a única certeza?

Liam é um garoto que só tinha o tio Sergey para chamar de família, e que família lamentável era. Ele sofreu durante anos de sua vida por conta do tio, que o trancava em um minúsculo quartinho abaixo da escada sem dar um copo de água ao garoto, como castigo pelas coisas que fazia, como por exemplo derrubar a janta do tio. Em seus seis anos de idade ele era desprezado e diminuído pelo tio. Até que alguém veio para libertá-lo. Uma mulher, que apareceu lá como um anjo, libertou Liam das mãos do tio, porém não conseguiu se libertar, deixando a fuga de Liam difícil, levando em mãos um caderninho e um crachá, que a mulher deixara para que entregasse a sua sobrinha. Sem saber como, Liam apenas seguiu oque achava estar fazendo certo e acabou por matar seu tio na fuga, pois o mesmo estava por matar Liam.
A polícia chegou na expectativa de salvar o garoto, e solucionar um caso, que talvez fosse sem solução. 
Lisa era quem o salvou, e sua sobrinha era Jessica. Agora quem cuidaria do caso era Craig e Ryan, um caso muito estranho, questionando o garoto e o levando-o para um orfanato.
Liam jurava que via pessoas o perseguindo, chorava e não queria sair do banheiro. E estas pessoas todas usavam máscaras pretas. E aquele ser matava todos que se envolviam com Liam, e por que? Não era algo que sabiam.
Muitas pessoas já haviam morrido, e Ryan quase entrou pra lista em uma noite no orfanato, na qual foram buscar Liam para fugir, ou ele morreria. Mas a pessoa já havia chegado para o matar. Coincidentemente levava o corpo de Mabel, a empregada da delegacia. Mas ela usava uma máscara.
E levando Liam, fugiram dali Craig, Sylvia, irmã Clarice (que trabalhava no orfanato), Jessica e sua mãe Linda.Eles teriam de recomeçar sua vida com o dinheiro que Ryan havia lhes dado junto de uma casa em uma cidade longe dali. E a casa na realidade era uma mansão com muitos quartos.
Passados alguns anos, Liam e Jessica já estavam mais velhos. Muitas coisas estranhas voltaram a acontecer, e talvez a presa tenha sido encontrada, mesmo depois de muitos anos de procura. E Domus esperava por Liam, até que Liam teve que conhecer o jogo. 
Oque era aquele lugar? Quem eram aquelas pessoas e qual suas ligações com Liam? Mais e mais perguntas surgiam depois de uma festa dada na mansão de Liam, em que algo de estranho aconteceu e a vida de todos se tornou um pesadelo, agora oque restava era a busca dos desaparecidos e a grande procura por Liam, mas ele ainda estava vivo. E a festa? Oque aconteceu nela?


Gostei muito de Máscara, ele é um livro muito bom, e com certeza é fácil de ser lido.
Começando pela escrita do autor, ela é bem jovem e muito dinâmica. Quando começamos a ver ação no livro (logo no início), os capítulos tem mais divisões. Estas divisões são dadas pelos personagens, nenhuma delas sendo em primeira pessoa, porém cada parte tem seu "personagem central".
A dinâmica destas divisões no capítulo são super legais, e depois que você pega o ritmo da leitura, isto acaba facilitando. Quando estamos em um momento de ação diante de um personagem, e esta divisão (interferência na ação) é colocada e passamos para a visão, não necessariamente da mesma coisa, de outro personagem, e quando estamos em outro momento de grande ação, temos esta divisão e depois voltamos para o personagem anterior ou mesmo passamos para mais um personagem, atiçando nossa curiosidade e nos prendendo muito ao livro. Entenderam? haha.
O livro também é dividido em seis partes, uma ideia legal para separar os acontecimentos do livro.
Não posso deixar de acrescentar que o livro contém em sua escrita alguns (poucos) palavrões e algo referente ao sexo, mas não temos nenhuma grande aproximação de uma cena "picante", mas é bom sempre estar acrescentando, mas não é de se estranhar pois o autor é bem jovem.
O livro muitas vezes me arrepiou, não é apenas um suspense, terror, romance (digo, romance pela forma física do livro) água com açúcar. Ele é um livro fácil de ser lido mas realmente nos da medo, é claro que não vamos nos assustar como em um filme, que cada cena é posta sem degustação, mas realmente sentimos uma arrepio e passamos algumas noites olhando para os lados, visualizando as sombras, e com medo dos ursinhos no quarto (porque quem sabe você confunda seus rostos com uma máscara...).

"-Conheça minha história. Sinta minha dor. Liberte-me."

Quando algumas coisas do livro começaram a serem esclarecidas eu comecei a pensar, "nhé... explicação furadinha", mas depois eu comecei a entender que tudo se encaixava com os acontecimentos, e depois que eu li o primeiro capítulo de sua continuação vi que aquela explicação poderia ter um bom motivo pra tudo que estaria por vir.
Ainda assim eu não acredito como o livro terminou. Todos que já o leram sabem desta grande frustração, e eu declaro Luiz um culpado. Disso eu não sei considerar nem se é ponto positivo ou negativo, então fiquei meio perdida pra fazer a resenha. Acho que vocês devem ler para saber do que falo, fica no suspense.
Este livro é um romance policial, com terror, e uma grande "mistura original" de The Walking Dead com Jogos Mortais!

Fazia um bom tempo que não escrevia resenhas, e esta aliás está super atrasada, este livro foi o primeiro lido de 2014. Peço desculpas ao Luiz pela demora de postar a resenha, mas agora estou retirando todo atraso! Queria fazer uma resenha enorme, mas acho que isto é o essencial para deixar vocês sem spoilers e fazer com que vocês se interessem pela leitura de Máscara. Beijos 

Onde comprar: Buscapé
Skoob: Aqui | Editora: Novo Século | ISBN: 9788542800555 | Ano: 2013 | Páginas: 368

2 comentários: