12 janeiro 2015

Perdão, Leonard Peacok - Matthew Quick

| |
Eu nunca demorei tanto para ler um livro como eu demorei com esse, foi quase um ano pra conseguir terminar. Mas, por favor, não se assustem, o motivo para isso não foi pelo fato de o livro ser ruim ou algo do tipo, longe disso. Eu tenho problemas em ler livros que não sejam romance (eu sou apaixonada por essas histórias clichês, ou não clichês, de amor), então eu tentei mudar um pouco o meu tipo de leitura, e na verdade esse livro eu ia presentear um amigo, mas, como eu nunca mais o vi, resolvi começar a ler e não me arrependi.

Sinopse: Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto.

"A chave é fazer algo que marque você para sempre na memória das pessoas comuns. Algo que importe." - Matthew Quick



Eu realmente me surpreendi bastante com a história trazida pelo autor nesse livro, no inicio eu pensei que Leonard fosse simplesmente um psicopata afim de matar seu ex-melhor amigo, mas com o desenrolar da história vemos que para tudo há um motivo, tudo bem que nada leva uma pessoa a tirar a vida de outra, mas existe um motivo para o personagem querer isso. 
Leonard já foi um garoto como outro qualquer, mas naquele momento era um garoto sozinho e que leva uma vida bastante conturbada, com um pai alcoólatra que o abandonou e uma mãe ausente que apenas se importa com seu trabalho. Asher Bell era seu único amigo, até o momento em que saiu de férias com um tio e começou agir de forma estranha e isso fez com que Leonard começasse a se afastar. E foi esse e outros motivos que fizeram o personagem principal tomar a decisão de matar seu ex-melhor amigo e logo em seguida se suicidar. Naquele momento Leonard precisava de alguém que pudesse ajuda-lo, dando atenção e podendo assim mostrar que alguém realmente se importa com ele.

Pesquisar Preço: Buscapé
Skoob: Aqui | Editora: Intrínseca | ISBN: 
9788580573954
Ano: 2013 | Páginas: 224

2 comentários:

  1. Oi, Larissa! Poxa, todo mundo anda falando desse livro, mas ainda não tive vontade alguma de ler ele, sabia? Parece ser um livro muito bom, assim como O Lado Bom da Vida, mas por enquanto vai ficar na minha lista de espera.
    Dica anotada!
    Abraços,
    Duda - My Little Wonderland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Duda, é um livro que eu li sem muita vontade, mas depois eu acabei gostando bastante, tanto que super indico ele pras pessoas. Então quando tiver oportunidade (apesar de a lista nunca ter fim) leia ele.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir